Guaxupé, sábado, 24 de fevereiro de 2024
Polícia

Ele é policial! Um dos suspeitos de invadir quartel da PM e furtar armas é preso em Muzambinho

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2024
Ele é policial! Um dos suspeitos de invadir quartel da PM e furtar armas é preso em Muzambinho Policial é preso suspeito de invadir quartel da PM e furtar armamento em Muzambinho (Foto: Reprodução/EPTV)

Agente está na ativa, mas afastado há alguns dias por problemas de saúde; ele é um dos suspeitos pelo crime em Muzambinho

Um policial foi preso no início da noite desta quarta-feira, 7, suspeito por invadir e furtar armamento no quartel da Polícia Militar em Muzambinho.

O agente está na ativa da polícia, mas está afastado há alguns dias por problemas de saúde.

Ele é um dos suspeitos pelo crime, sendo que o outro não havia sido preso, conforme a PM, até esta publicação.
 
De acordo com a Polícia Militar, não houve resistência no momento da prisão. Ainda segundo a PM, as roupas que ele utilizou durante o crime foram encontradas durante a prisão.
 
Após ser detido, ele foi levado para o quartel da Polícia Militar. As armas furtadas ainda não foram localizadas.
 
A prisão do policial só foi possível após expedição de um mandado, que saiu no final da tarde desta quarta.
 
A Polícia Militar não divulgou informações a respeito de um segundo suspeito, que também teria participado do crime.
 
 
O crime
O furto no quartel foi percebido por volta das 6h00 desta quarta, quando alguns policiais chegaram ao quartel e perceberam que o local havia sido invadido.
 
De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos levaram rádios comunicadores, um equipamento que grava imagens de câmeras de segurança e oito armas: um fuzil 762, dois fuzis 556, duas espingardas calibre 12 e três pistolas. Segundo a PM, todo equipamento estava em condições de uso.
 
Durante o dia, dezenas de policiais de várias cidades estiveram em Muzambinho para tentar identificar os suspeitos e localizar as armas.
 
O helicóptero da Polícia Militar também auxiliou no serviço.

A Polícia Militar informou que os militares que trabalharam a noite deixaram o quartel por volta das 3h e que não havia ninguém no local quando houve a invasão.

 
A PM não deu detalhes de como pode ter acontecido este furto. A Polícia Civil também investiga o caso.
(Com EPTV)

Comente, compartilhe!