Guaxupé, domingo, 16 de junho de 2024
Saúde

Caso de febre amarela em macaco encontrado morto é confirmado no Sul de Minas

quinta-feira, 6 de junho de 2024
Caso de febre amarela em macaco encontrado morto é confirmado no Sul de Minas A Prefeitura de Santa Rita de Caldas confirmou um caso de febre amarela em um macaco encontrado morto na zona rural da cidade (Foto: Divulgação)

A Funed confirmou na terça-feira, 4, o caso positivo; macaco foi encontrado morto na zona rural no dia 13 de maio

A Prefeitura de Santa Rita de Caldas confirmou um caso de febre amarela em um macaco encontrado morto na zona rural da cidade.

A publicação foi feita nas redes sociais da administração municipal.

Diante dos fatos, os moradores estão sendo convocados para verificar o cartão de vacinas e, se necessário, receber a imunização contra o vírus.
 
Segundo a Secretaria de Saúde, o macaco foi encontrado morto na zona rural, no Bairro da Mata, no dia 13 de maio. 

O material coletado do animal foi encaminhado para análise no laboratório da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte (MG), que confirmou na terça-feira, 4, a doença.
 
A secretária de Saúde, Regiane Vilas Boas, informou que, assim que animal foi encontrado, eles já realizaram busca ativa pelas pessoas não vacinadas nos bairros próximos.
 
Atualmente, conforme o departamento, a cobertura de imunização contra a febre amarela está acima dos 90% no município.

De toda forma, tem sido feita uma convocação para saber quem está ou não vacinado e então possam receber a dose, se necessário.

 
O Departamento de Saúde de Santa Rita de Caldas reforça que os moradores não devem matar os macacos, uma vez que eles não transmitem a doença e são considerados sentinelas porque servem como indicadores da presença do vírus na região.
 
 
Febre amarela
Segundo o Ministério da Saúde, a febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, imunoprevenível, de evolução abrupta e gravidade variável, com elevada letalidade nas suas formas graves.
 
A doença é causada por um vírus transmitido por mosquitos, e possui dois ciclos de transmissão (urbano e silvestre).
 
Quem deve se vacinar?
O Estado de Minas Gerais em sua totalidade é Área com Recomendação de Vacina (ACRV) contra Febre Amarela desde o ano de 2008. A vacina é indicada conforme recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) para:
 
  • Crianças, ao completarem 9 meses de vida, devem receber 1 (uma) dose;
  • Crianças, ao completarem 4 anos de idade, devem receber 1 (uma) dose de reforço;
  • Pessoas de 5 a 59 anos de idade, não vacinadas ou sem comprovante de vacinação, devem receber 1 (uma) dose;
  • Pessoas que receberam apenas 1 (uma) dose da vacina antes de completarem 5 anos de idade devem receber 1 (uma) dose de reforço.
  • Pessoas com 60 anos e mais, o serviço de saúde deverá avaliar a pertinência da vacinação.
 
Quais são os sintomas?
Os sintomas mais comuns de febre amarela são:
 
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça;
  • Dor nas costas;
  • Dores no corpo em geral;
  • Náuseas e vômitos;
  • Fadiga e fraqueza.
 
Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, coloração amarelada da pele e do branco dos olhos, hemorragia e, eventualmente, choque e insuficiência de órgãos.
(Com EPTV)

Comente, compartilhe!