Guaxupé, sábado, 24 de fevereiro de 2024
Polícia

Segundo suspeito de ter invadido o quartel da PM de Muzambinho é preso em Guaxupé

sábado, 10 de fevereiro de 2024
Segundo suspeito de ter invadido o quartel da PM de Muzambinho é preso em Guaxupé O segundo suspeito de ter invadido o quartel da PM de Muzambinho e ter furtado armas foi preso em Guaxupé (Foto: Reprodução Google Street View)

O segundo suspeito de ter invadido e furtado armamentos do quartel da Polícia Militar em Muzambinho foi preso neste sábado, 10, em Guaxupé.

O crime aconteceu na madrugada de quarta-feira, 7, e, no mesmo dia, um 
policial, também suspeito pelo crime, já havia sido preso.
 
De acordo com a Polícia Militar, o segundo suspeito foi preso após serviço de investigação do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam).

As investigações levaram até a identidade do suspeito, de 39 anos, morador da zona rural de Muzambinho.

 
A PM destacou que fez uma ligação ao endereço dele e quem atendeu foi a mãe, que disse aos agentes que ele teria alugado um carro para fazer negócios em São Paulo.

Os policiais foram até a concessionária que alugou o veículo e conseguiram mais informações sobre o suspeito.

 
O homem de 39 anos foi preso pela Polícia Militar no trevo de Guaxupé, quando retornava para Muzambinho.
 
Durante a abordagem, o suspeito estava com uma arma, que não foi identificada, até o momento, como uma das furtadas do quartel.

Conforme a PM, o armamento furtado teria sido levado para São Paulo, conforme dito pelo suspeito durante a abordagem.
 
Policial preso
O primeiro suspeito pelo crime foi preso na noite de quarta. De acordo com a Polícia Militar, ele é um sargento da ativa da polícia, que está afastado por problemas de saúde.
 
De acordo com a Polícia Militar, não houve resistência no momento da prisão. Ainda segundo a PM, as roupas que ele utilizou durante o crime foram encontradas durante a prisão. A prisão do policial só foi possível após expedição de um mandado, que saiu no final da tarde de quarta.
 
O crime
O furto no quartel foi percebido por volta das 6h desta quarta, quando alguns policiais chegaram ao quartel e perceberam que o local havia sido invadido.
 
De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos levaram rádios comunicadores, um equipamento que grava imagens de câmeras de segurança e oito armas: um fuzil 762, dois fuzis 556, duas espingardas calibre 12 e três pistolas. Segundo a PM, todo equipamento estava em condições de uso.
 
Durante o dia, dezenas de policiais de várias cidades estiveram em Muzambinho para tentar identificar os suspeitos e localizar as armas.
 
O helicóptero da Polícia Militar também auxiliou no serviço. A Polícia Militar informou que os militares que trabalharam a noite deixaram o quartel por volta das 3h e que não havia ninguém no local quando houve a invasão.
 
A PM não deu detalhes de como pode ter acontecido este furto. A Polícia Civil também investiga o caso.
(Com EPTV)

Comente, compartilhe!