Guaxupé, sábado, 27 de novembro de 2021
Saúde

Taxa de incidência da covid-19 cai 35% em Minas Gerais

quinta-feira, 21 de outubro de 2021
Taxa de incidência da covid-19 cai 35% em Minas Gerais Imagem: Imprensa MG

Mais de 58% da população acima de 12 anos completou o esquema de vacinação contra a doença

A taxa de incidência do coronavírus em Minas Gerais registrou queda de 35% nos últimos 14 dias. A redução dos casos, que reflete o sucesso da vacinação contra a doença no estado, foi destaque na reunião desta quinta-feira, 21, do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que acompanha a situação da pandemia em Minas.
Segundo o secretário de Estado de 
Saúde, o médico Fábio Baccheretti, este e outros indicadores têm caído semana a semana, conforme a imunização avança nos municípios. Mais de 58% da população acima de 12 anos completou o esquema de vacinação contra a doença. E 87% dos mineiros nesta faixa etária já receberam pelo menos a primeira dose.
“Os números da pandemia estão melhorando em Minas semana após semana. Isso se deve à grande adesão da população à vacinação. A positividade, que indica como está a circulação do vírus, por exemplo, atingiu níveis iguais aos meses de maio, junho do ano passado. E o número de solicitações de internação por covid caiu 12% no último mês, o que reflete em menos óbitos”, afirmou.

 
Queda de casos no interior
O número de municípios com até 30 mil habitantes que tiveram até 50 casos por 100 mil habitantes aumentou. No dia 12 de outubro eram 289 cidades e até a última atualização, em 19, o número subiu para 303.


Minas Consciente
Todas as 14 macrorregiões do estado continuam na onda verde do 
Minas Consciente. A decisão foi comunicada na reunião do Comitê pelo secretário de Saúde. Na fase mais flexível do plano, todas as atividades ficam permitidas, mas desde que regras como uso de máscara, distanciamento e manutenção das medidas de higiene e segurança sejam mantidas, para evitar novos casos.
“Todo o estado permanece na onda verde. Continuamos, gradualmente, melhorando a situação da pandemia, mas é preciso que todos os mineiros e mineiras permaneçam em alerta. O vírus não foi embora, todo cuidado é pouco. E quem não vacinou pode e deve procurar o posto na sua cidade. Quanto mais gente imunizada melhor”, enfatizou Baccheretti. (Agência Minas)

Comente, compartilhe!