Guaxupé, sábado, 17 de abril de 2021
Cidades

Sitiante guaxupeano planta 560 árvores para proteger nascentes

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021
Sitiante guaxupeano planta 560 árvores para proteger nascentes O sitiante guaxupeano Adriel Job (Foto: Arquivo pessoal)

Há 30 anos, o Sítio Mergulhão, em Guaxupé, pertence à família Job da Silva.  Na pandemia, a propriedade deixou de ser administrada pelo patriarca e foi assumida pelo filho Adriel Job, que está implantando mudanças locais.
A pequena criação de gado poderá ser mantida no novo projeto de reestruturação do sítio, que terá um plantio consorciado de café e abacate, em grande parte dos quase sete alqueires.
Para proteger e tornar mais saudáveis as minas d´água do Sítio Mergulhão, Adriel ganhou 560 mudas de árvores nativas e frutíferas, disponíveis no Complexo Japy, da Cooxupé. A área arborizada será de aproximadamente 500 m². A primeira providência foi isolar o espaço com cerca de arame, para o gado não comer ou pisotear nas mudas de árvores. Os três açudes continuam abertos para o gado, patos, gansos e aves.
Um mutirão de amigos conseguiu plantar mais de 150 mudas no dia 20 de fevereiro. Enquanto uns abriam a terra, outros faziam o plantio. Até a musicalidade na família Job foi aproveitada, com cantoria durante o trabalho. Adriel continuará trabalhando como músico, mas optou pela residência fixa no sítio.
Outros mutirões vão acontecer para cultivar os 560 exemplares, que vão se somar a outras árvores existentes na propriedade. Mudas de café, já plantadas, aguardam o tempo certo para o plantio.
A pandemia levou Adriel Job a concluir que é possível trabalhar fora, como músico, e manter suas raízes ligadas à terra.
 
 

Comente, compartilhe!